CAMPANHA ABR E MAI/2016: KADEMI & MUSEU ÍNDIA VANUÍRE

KADEMI E MUSEU ÍNDIA VANUÍRE – PINDORAMA: O BRASIL DOS POVOS INDÍGENAS

Conservar o patrimônio não é uma função exclusiva dos museus, que tem papel fundamental neste sentido. A proposta de manter a memória de uma identidade cultural é algo que permeia não só as atividades de um museu, mas de toda a sociedade. Uma instituição além de conter um acervo para reflexão também pode ser um lembrete de uma cultura ainda viva fora dela. O Museu Índia Vanuíre é um destes museus,  por tratar de uma temática tão importante para a nossa memória : A Cultura Indígena, que permeia nossa identidade assim como a Cultura Africana, Asiática e Européia.

         A Cultura Indígena está enraizada em nossa identidade nacional, desde nossa língua, passando por culinária e costumes, que não nos damos conta de que são de origem indígena. Prestar homenagem a essas contribuições  à nossa identidade é objetivo de nossa campanha, lembrar desde a “descoberta do Brasil” passando pela dizimação de populações nativas, até chegarmos aos dias atuais, onde por meio de leis, ações, pesquisas, procuramos trazer à tona toda a riqueza e beleza da cultura dos povos indígenas que existiram e existem em território nacional.

         Em parceria com o Kademi, pretendemos conduzir nossos navegantes em um  mergulho nas infinitas perspectivas que as culturas de diversos povos indígenas podem proporcionar  e questões que serão levantadas ao longo do projeto.

         Da identidade de um povo, costumes, artefatos de uso diário e ritualístico embarque nas raízes ancestrais da Terra Brasilis.

.         

Saiba Mais

         Fundado em 1966, o Museu Histórico e Pedagógico Índia Vanuíre é uma das instituições da Secretaria da Cultura do Estado administrada em parceria com a Associação Cultural de Apoio ao Museu Casa de Portinari (ACAM Portinari), com sede em Brodowski, SP. O acervo de aproximadamente 38 mil objetos museológicos reúne peças da história da cidade – objetos que representam a trajetória de formação e desenvolvimento – e coleções etnográficas dos mais diversos povos indígenas no país – artefatos e objetos de diferentes origens indígenas, com destaque para os Kaingang e Krenak, povos que ainda hoje habitam a região oeste do Estado de São Paulo.

         O objetivo principal do Museu é a preservação da cultura material das etnias indígenas brasileiras e de sua contribuição na formação do Brasil por meio do seu acervo etnográfico, constituído por instrumentos de caça, trabalho, uso doméstico, objetos ritualísticos e relacionados a outras atividades cotidianas dos índios, além de objetos que preservam a memória da cidade de Tupã.

         O Museu Histórico e Pedagógico Índia Vanuíre tem como missão valorizar, articular e difundir o patrimônio etnológico indígena por meio de programas de salvaguarda, comunicação e pesquisas voltados para diferentes segmentos da sociedade, tendo em vista a discussão e reflexão crítica acerca dos valores humanos e da cidadania.

5 - Cestaria (4) maquete

.

Explore:


  1. Índios do Brasil

  2. Representação Plumária

  3. Representação de Tecidos e Cesteira

  4. Terra Indígena Vanuíre

  5. Creio em Tupan

 

 

.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>