6 motivos para usar gamificação nas suas aulas

240_F_211960190_uU6JLYtkdjwv8TBiIc2qU9JJudia3hGoDe uma forma bem simples, a gamificação é o processo de “pegar” os elementos de jogos e aplicar no método de aprendizagem. Esse processo pode envolver tanto os conteúdos gamificados quanto os que envolvem apenas a lógica do game, como: pontos, níveis e ranking, cooperação, desafios, superação e recompensa.

Por isso, a gamificação é uma ótima estratégia para estimular os alunos e tornar o aprendizado mais leve e divertido. A gamificação já é considerada o futuro da educação, afinal, a sociedade está evoluindo e novas tecnologias surgem constantemente.

Então, para que o ensino não se torne “ultrapassado” ele precisa acompanhar este ritmo, e conhecer os principais benefícios da gamificação na educação é fundamental para profissionais da Pedagogia. Especialmente para aqueles que estão buscando trazer mais inovação à sala de aula. Confira agora 6 motivos para começar a usar gamificação nas suas aulas hoje mesmo:

1. Maior engajamento dos alunos - A gamificação torna o ensino mais atrativo para o estudante, o que consequentemente gera maior participação dele. Uma das maiores dificuldades enfrentadas pelos educadores no ensino, no quesito motivação, é que muitos alunos ainda consideram as aulas chatas.

Com a gamificação, até os conteúdos mais densos e complexos se tornam interessantes, pois os alunos se tornam parte do processo de aprendizagem. A partir disso, o educador consegue fazer com que o aluno interaja de forma melhor com o assunto.

2. Prática e teoria conectadas - Outro benefício é tornar mais fácil a assimilação da teoria e prática. Nos métodos tradicionais de ensino, os conteúdos transmitidos pelos professores por vezes podem ser muito teóricos, o que torna a aula cansativa com conceitos complexos. Já com a gamificação, a prática da teoria deixa o processo mais prazeroso, pois habituado a ter que progredir de fases e, portanto, ter que passar pelo nível mais difícil, o cérebro sabe que será recompensado.

Além disso, ao responder ou ler histórias complexas, mas que ajudam na conclusão de uma fase que o aluno precisa passar (como no videogame que o aluno precisa passar pelo chefão, mas antes ele precisa ler sobre a história daquele jogo), o estudante aprende melhor a aplicar os conhecimentos adquiridos em sala de aula no seu dia a dia.

3. Aulas interativas e divertidas - Quando pensamos em uma sala de aula o que vem na nossa mente é o professor falando, os alunos fazendo anotações e ao final do bimestre ou semestre é aplicada uma prova para avaliar o nível de aprendizado do aluno. A gamificação propõe algo diferente, que é tornar o ensino leve e interessante para o estudante, por meio do uso dos elementos da gamificação as aulas ficam mais dinâmicas e o processo de participação é espontâneo.

4. Melhora a concentração - A gamificação também ajuda no aumento do foco e concentração, pois o senso lúdico dos jogos e os desafios que eles apresentam levam o estudante a se manter concentrado para resolvê-los. O interesse em conquistar a recompensa ou prêmio, comuns na gamificação, aumentam o foco do aluno.

Seja em uma competição de forma saudável com outros alunos ou consigo mesmo, o estudante está sempre em busca de se superar e quebrar recordes, por isso o foco do aluno é sempre maior em atividades baseadas no conceito da gamificação. O estudante se dedica ainda mais para alcançar os resultados almejados por ele.

5. Incentiva o protagonismo do estudante - Tornar os alunos protagonistas do processo de construção do seu próprio conhecimento é uma das diretrizes da BNCC (Base Nacional Comum Curricular). A gamificação ajuda o educador a guiar o aluno ao ponto de ele ter a sua autonomia no aprendizado, ou seja, o estudante passar a ter uma papel mais ativo e o professor de mediador.

6 – Possibilita a medição do desempenho - Por vezes, acompanhar a evolução de um aluno não é uma tarefa fácil. Mas com a gamificação não somente é possível medir o desempenho do estudante, como esse processo se torna mais prático.

Tanto aluno quanto professor conseguem ter um feedback imediato sobre os resultados dos conteúdos ensinados em sala de aula, com as respostas obtidas por meio de jogos educacionais. A própria estrutura do game já consegue avaliar o número de acertos e erros obtidos pelo aluno, avaliando o domínio sobre aquele assunto com um feedback instantâneo.

Quanto mais o aluno conseguir concluir os desafios dos jogos, aplicando seu conhecimento sobre o tema, melhor. Esse é um indicador positivo de que a gamificação está dando resultados.

No Kademi, você conta com conteúdos gamificados e ambientes lúdicos que trazem os elementos dos jogos para o processo de ensino. Assim, os educadores ganham ferramentas para engajar os alunos nos estudos. Conheça o Kademi, uma forma divertida de estimular o gosto pelos estudos e trabalhar o ensino personalizado, acesse nosso site: www.kademi.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>